2º. Congresso Nacional de Gerenciamento de Projetos: EU FUI! :)

Nos dias 29, 30 e 31 de Agosto de 2007, na capital Baiana, ocorreu o maior evento nacional sobre Gerenciamento de Projetos. Ricardo Viana Vargas, José Finocchio Jr., Américo Pinto, entre outros grandes nomes do mundo Project Management.

Encontrei nesse evento alguns representantes de Sergipe: Gerente de TI do SergipeTec (Marcus), Gerentes de Projetos do Gbarbosa (Roberto, Telmo, Rose e Carina), Gerente de Projetos da Chip&Cia (Adriano) e Gerentes de Projetos do Banese (Marcos Xavier e Sara).

Seguem as palestras que tive a oportunidade de participar no evento e respectivos comentários:

[Conferência de Abertura] Biocombustíveis: Novas Perspectivas de Investimento (Graça Foster, Presidente da Petrobrás Distribuidora S.A.): Foster mostrou nessa palestra os projetos que foram criados para a concepção do BioDiesel e os métodos e técnica utilizados para conduzí-los. Impressionante a complexidade desses projetos, pois envolvia interesses de diversos ministérios e entidades do governo.

[Mesa Redonda] Quantificando e Qualificando o Gerenciamento de Projetos (Farhad Abdollahyan, Rosária Russo e Carlos Tapia): Rosária mostrou a pesquisa de benchmarking na área de gerenciamento de projetos; Tapia falou sobre o IPA, empresa que trabalha com consultoria em projetos para análise de viabilidade e comparação (essa empresa possui dados sobre 10.000 projetos de diversas áreas); Farhad falou sobre o PRINCE2, certificação e metodologia do governo britânico, fazendo uma comparação com o PMBOK e PMP.

[Palestra] Valor do Gerenciamento de Projetos (Ricardo Viana Vargas): nessa palestra, RV fez uma excelente apresentação da importância do gerenciamento de projetos para as organizações. Segundo ele, os projetos nasceram para fracassar e deve existir um esforço para não deixar que isso ocorra. Daí ser fundamental ter previsibilidade e visão holística.

[Palestra] Case Braskem: uma sistemática de gerenciamento de projetos de classe mundial (Carlos Adolpho): foi apresentada a metodologia da Braskem para gestão dos projetos industriais na organização.

PMO Maturity Cube: como avaliar a maturidade de um Escritório de Projetos (Américo Pinto): nessa apresentação, Américo mostrou um trabalho inovador para que as organizações possam avaliar a maturidade dos seus Escritórios de Projetos, visto que existem no mercado apenas modelos para avaliar a organização com relação ao gerenciamento de projetos. Uma proposta que está em desenvolvimento e avaliação com projetos pilotos em empresas brasileiras.

Uma nova geração de Escritório de Projetos: um estudo de caso sobre a implementação do escritório de projetos na empresa júnior AD&M Consultoria Empresarial (Renata Navega): essa empresa júnior é da UnB (Universidade de Brasília) e Navega apresentou como foi o processo de implantação de um Escritório de Projetos.

PMO no ativo exploratório da unidade de negócio ES da Petrobrás (Ícaro Ribeiro): Ribeiro mostrou como foi o processo de implantação do PMO e os obstáculos, considerando a mudança de cultura na organização, onde foi definido que todas as definições dos projetos teriam que obrigatoriamente passar pelo PMO. Mas ele informou que isso possibilitou maior controle e coordenação dos projetos.

Case IBM: competências em Gestão de Projetos (Arthur Szabo): foi exibido nessa palestra por Szabo como a IBM trata a carreira dos profissionais na área de gerenciamento de projetos. Existem valores que norteiam os profissionais e um plano que permite que um GP possa chegar a nível hierárquico compatível com a diretoria, tendo os mesmos benefícios.

Relações entre competências pessoais e tipos de personalidade do gerente de projeto (Flávio Fernandes): o autor deste trabalho procurou mostrar a relação entre o modelo de competências do PMI (PMCD) e um modelo sobre perfis de profissionais de Belbin.

Criatividade e Modelos Mentais: ferramenta para a gestão de projetos (Rodolfo Rodrigues): nessa pesquisa, Rodrigues procurou mostrar a importância da criatividade no desenvolvimento de idéias em equipes de projetos.

Implantação do Escritório de Projetos no Sebrae-BA (Márcia Motta): Motta apresentou como se deu o processo de estruturação da área de gerenciamento de projetos do Sebrae na Bahia.

Facilitação: “Peopleware” para alavancar equipes (Peter Pfeiffer): palestra muito interessante que mostra como é fundamental o papel do facilitador para a coleta de idéias e tomada de decisões.

[Palestra] Gerenciamento de Portfólio de Projetos pelo método da Corrente Crítica (José Finocchio Jr.): li sobre esse método na Mundo PM e o próprio Finocchio foi autor do artigo. Achei muito interessante a estratégia de gerenciamento desse método para evitar atrasos (gerenciamento de buffers ou “pulmões”). Nessa apresentação, Finocchio mostrou essa abordagem para a gerência de portfólio. Com certeza farei um estudo mais aprofundado para aplicação prática nos projetos.

O próximo passo é consolidar as anotações registradas ao longo das palestras, os insights de idéias descritos e estruturar um plano de ação para implementação das lições aprendidas J

Por Alércio Bressano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: